Saturday, December 20, 2008

Blog do ano

Image Hosted by ImageShack.us

A cubana Yoani Sánchez é a blogueira do ano. Autora a partir de abril de 2007 do blog Generación Y, ganhou vários prêmios, entre eles o BOBS (Best of Blogs) dado na Alemanha e o Ortega y Gasset de jornalismo digital, na Espanha, e entrou na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo em 2008 da revista Time.
Yoani e o marido, o jornalista Reinaldo Escobar, criaram o portal DesdeCuba, onde há links para vários blogs cubanos, revistas digitais, informação independente. É o primeiro veículo livre de informação em Cuba.
É bem mais fácil acessar o portal do exterior do que de Cuba. O governo faz tudo para impedir, com filtros que bloqueiam o portal. E os cubanos não podem ter acesso à Internet em casa. Nos cybercafés e outros pontos de acesso, a hora de Internet custa um terço do salário médio mensal do cubano. Um absurdo.
Yoani e seus companheiros blogueiros foram proibidos de realizar o primeiro encontro de bloggers em Cuba, este ano, mas vão tentar de novo ano que vem (o encontro aconteceu assim mesmo, virtual).
Ela também foi proibida de viajar à Espanha para receber o prêmio Ortega y Gasset.
Trecho final do discurso de agradecimento, que Yoani acabou fazendo em casa, em Havana, para a família e amigos:
"Em vez de comprar um motor para cruzar o mar numa balsa até a Flórida, tornei-me um balseira virtual. Escapei, não do meu país, mas do medo, da paranóia e do conformismo. Finalmente cheguei, nesta balsa-blog, a uma terra ao mesmo tempo gratificante e dolorosa, de onde a responsabilidade cívica não me permite voltar. Agora tenho duas vidas, uma real, compartimentalizada e controlada, onde ouço ordens, slogans e conclamações à luta; a outra virtual, imensa e livre, onde começo a me sentir cidadã".

Vejam a entrevista em cinco partes que Yoani deu ao italiano Roberto Ferranti



Image Hosted by ImageShack.us



Image Hosted by ImageShack.us
Estes são alguns dos 24 jornalistas presos em Cuba, que cumprem penas entre 15 anos e prisão perpétua e estão entre os 246 presos políticos da ilha. Um deles, Ricardo González Alonso, foi escolhido pela organização Repórteres Sem Fronteiras como o jornalista do ano de 2008.

6 comments:

D. said...

Nem sempre as escolhas são injustas. Ela merece todos os prêmios.
Feliz Natal e 2009 cheio de alegrias e saúde para vc, bj Laura

Barros said...

É difícil julgar se é o melhor blog ou não, mas que é muito interessante e emblemático, isto não se pode negar.

Anna Maria said...

Incrível, Jorge! Sobretudo a leitura dos comentários que não trazem os filtros que normalamente ocorrem com notícias de Cuba. Estou recomendando a Joaquim sempre saudoso dos anos que passou por lá. Não sei se você sabe que quase presenciei a tomada da campo de pouso de Camaguey, pelas forças de Fidel. Estava indo para os Estados Unidos num avião da FAB que sofreu uma pane sobre Cuba e tivemos que descer em emergência no campo que havia sido tomado minutos antes! Tenho uma foto com os jovens guerrilheiros barbados e armados até os dentes. Beijos

edson said...

É muito muito interessante a historia de Yoani,de como ela se
tornou uma das 100 pessoas mais infuentes do mundo,apesar de todo o controle do gonerno com a internet.Ela foi em busca de outro mundo,não se acomoudou apesar das dificuldades.

D. said...

Adorei a dica da cubana, já passei adiante. valeu.
Bj Laura

Anonymous said...

quanta saudade.....