Tuesday, July 17, 2007




Até que enfim a mídia aqui está dando um pouquinho de atenção a um atleta estrangeiro (ou "forasteiro" como prefere o UOL), que apareceu por alguns segundos numa reportagem. Também pudera, o homem é um mito da natação, um veterano de 32 anos. Gary Hall Jr. é o americano recordista de velocidade na piscina, participou de três olimpíadas e conquistou 10 medalhas: cinco de ouro, três de prata, duas de bronze. O pai, Gary Hall Sr, também participou de três olimpíadas, o que faz deles a única dupla pai-filho que esteve em três jogos olímpicos. Gary é um figuraço, se veste como super-herói e dança shadow-boxing na beira da piscina, as crianças o adoram. Aos 24 anos descobriu que sofre de diabetes tipo 1, ou seja, frequentemente tem que injetar insulina antes ou depois de uma prova. Virou o porta-voz nacional da Associação de Diabéticos Americana, levantando fundos para pesquisa e conscientizando o país sobre a doença, além de mostrar que um diabético pode ser um atleta olímpico. E não é careta. Já foi punido por ter fumado maconha, detectada no exame antidoping (mais interessante do que remédio para celulite, não?). Enfim, se com esse currículo ele não merecer pelo menos uma reportagenzinha... Mas tem um enorme defeito: não é brasileiro.
Abaixo a jovem estrela do time americano, Dale Rogers. Já que os gringos não aparecem na TV, o jeito é vê-los aqui.
Image Hosted by ImageShack.us

1 comment:

Renateenho said...

Poxa vida, que surpresa encontrar o seu blog!
Sempre que ligo a tv e esta passando algum material seu fico com atenção dobrada, pq são sempre boas, com otimas perguntas e tal.

Parabéns!
Já vai ficar no meu bookmark