Saturday, January 17, 2009

Jacques Brel

3 comments:

Vicky said...

Tenho uma queda por músicas dor-de-cotovelo e Ne Me Quitte Pas é de longe a minha preferida em frances. A primeira vez que fui a Paris fui comer um crepe numa barraquinha na rua, era meu último dia na cidade e eu nao queria ir embora. De repente comeca a tocar Ne Me Quitte Pas no rádio e eu comecei a chorar pensando "Paris está me pedindo para ficar". Nesse ponto uma funcionária da barraquinha fala para a outra: desliga essa coisa horrorosa porque até os clientes estao chorando...

Cristiano Sobrinho said...

Engraçado. Concordo com a Vicky (do comentário anterior). A música nos faz ter vontade de chorar, fica a dúvida: porquê?

Acho que não precisa de resposta, mas para dar embasamento:

"Je creuserai la Terre, jusqu'après ma mort/ pour couvrir ton corps d'or et de lumière..."

Não conhecia teu blog, Pontual.

Abraço e parabéns.

Bia Bomfim said...

Conheci seu blog ontem. E, hoje,estou revendo. Françoise Hardy e Jacques Brel? Caramba, assim vou chorar, lembrar dos meus tempos em Paris, do Larqué, etc.
Abs,
Beatriz Bomfim